Meu filho não tem motivação para estudar. E agora?

Ao perceberem falta de motivação e empenho nos estudos, os pais podem motivar os filhos fazendo-os perceber a real importância da educação em suas vidas e não apenas a necessidade de ter um bom desempenho escolar. É interessante que, através do diálogo, seja explicado de que maneira os estudos serão válidos para o futuro.

Se o problema é uma matéria em específico, é importante oferecer ajuda para executar tarefas, porém sempre respeitando a autonomia da criança e do adolescente, sem pressão ou cobrança excessivas. Algumas estratégias podem ser adotadas e favorecer uma rotina saudável de estudos.

Na leitura de livros mais longos, por exemplo, podem ser estabelecidas pequenas metas diárias, com apenas algumas páginas por dia, para seguir o prazo determinado pela escola e tornar a tarefa menos árdua. Também pode ser criado um sistema de recompensas, ao alcançar determinados objetivos. Depois de executar uma atividade combinada, seu filho pode fazer algo que goste, como assistir alguns minutos de televisão. É importante que a recompensa seja proporcional à tarefa realizada, evitando gratificações em dinheiro ou grandes presentes.

Porém, se a família já adotou essas e outras técnicas de motivação para os estudos e não houve resultados, é hora de procurar ajuda profissional.

Compartilhe esse Post