Mau comportamento infantil é fruto da educação dada pelos pais, aponta estudo

O quanto a educação dada em casa influencia o mau comportamento de crianças e adolescentes, em atos como bullying e indisciplina na escola? Pode ter grande influência, pelo menos de acordo com o psicólogo Luís Maia, autor do livro E Tudo Começa no Berço. Na avaliação do especialista, com base em 20 anos de experiência clínica, essa relação manifesta-se em 90 por cento dos casos.

O psicólogo defende que a retirada de responsabilidade de familiares e educadores próximos a essas crianças e adolescentes com problemas comportamentais apenas contribui para a acomodação desse tipo de situação. Além disso, ainda leva a uma sociedade cada vez menos humanizada.

Mais detalhes sobre o assunto estão disponíveis na matéria Mau comportamento é fruto da educação dada pelos pais desde o berço segundo uma investigação, do site Psicologias do Brasil.

No caso específico do bullying, vale lembrar que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, efetuadas de forma repetida, por um ou mais estudantes contra um ou mais colegas. O site Nova Escola organizou um questionário a respeito do assunto. O material 21 perguntas perguntas e respostas sobre bullying pode ser útil para pais e educadores.

Nas escolas, especialistas sugerem fazer reuniões com os pais, alertando que comportamentos preconceituosos, violentos ou hostis de estudantes sofrerão penalidades. É necessário esclarecer as consequências que esses atos podem provocar, como depressão, estresse, isolamento, evasão escolar e atitudes extremas, entre elas o suicídio. É importante que a escola acolha denúncias anônimas para situações desse tipo.

A matéria Bullying: Como Abordar o Assunto no Ambiente Escolar, do blog do Educentro, também sugere que os professores podem abordar com frequência temas relacionados a preconceitos e estereótipos.

Compartilhe esse Post