LITERATURA É CAMINHO PARA DEBATE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL COM CRIANÇAS

O preconceito em relação a questões de gênero e orientação sexual pode ser discutido desde cedo em sala de aula ou em casa. Uma forma de auxiliar no debate sobre esse tema delicado e polêmico é por meio da leitura de livros que abordem o assunto.

O site Brasil Post elaborou uma lista com algumas publicações que trazem uma abordagem adequada ao universo infantil. Entre as obras, está Olívia Tem Dois Papais, de Márcia Leite, em que é mostrado o dia a dia de uma menina criada com cuidado por dois pais amorosos.

O enredo mostra que um dos papais brinca de boneca com ela, o outro sabe cozinhar. Uma das dúvidas da pequena Olívia é quem a ensinará a usar maquiagem e salto alto no futuro, já que nenhuma mulher mora com os três. A lista completa pode ser conferida na matéria 11 livros infantis que debatem gênero e orientação sexual.

Vale ressaltar que, apesar de ainda não haver um consenso sobre a aplicação desses livros em sala de aula, especialistas consideram que é importante haver conversas francas com as crianças para evitar comportamentos como a homofobia. Além disso, é importante que os pequenos tenham acesso ao conhecimento sobre um tema tão atual e que, por isso mesmo, não pode ser ignorado por pais e professores.

Compartilhe esse Post