EDUCADORES PRECISAM APRENDER A LIDAR COM AS EMOÇÕES DOS ALUNOS

Comportamentos disfuncionais de estudantes em sala de aula como indisciplina, agressividade e desatenção, podem estar relacionadas a problemas emocionais como baixa autoestima e dificuldades de relacionamento interpessoal. É fundamental que os professores tenham esse fato em mente, para evitar que emoções sejam despertadas em si mesmos e resultem em sentimentos de frustração e desânimo.

É importante ressaltar que a neurociência já comprovou que as emoções influenciam no aprendizado, tanto de forma negativa como positiva. Nesse sentido, a diferença estará no comportamento do educador ao lidar com alunos com alguma dificuldade emocional.

Na matéria da revista Educação é possível conferir um roteiro de como identificar e lidar com sentimentos como raiva, desinteresse, ansiedade e tristeza em sala.

Fonte: Revista Educação

Compartilhe esse Post