Como lidar com a agressividade infantil e brigas entre irmãos

Os adultos devem ficar atentos à agressividade infantil. Quando as brigas são frequentes, isso pode ser um sinal de que a criança tem outros problemas. É necessário ficar atento e verificar que havendo repetição constante do comportamento, o indicado é procurar ajuda profissional de um especialista, como um psicólogo.

É importante que a intervenção ocorra o mais breve possível, ao verificar que a criança se sente frustrada com facilidade ou se altera de forma recorrente e de maneira muito rápida. Quando se tratam de crianças pequenas que brigam frequentemente, o ideal é haver a supervisão constante de um adulto.

É imprescindível que os adultos não agridam a criança que está batendo em outras. Isso somente agravará a ocorrência de explosões de raiva, ensinando que esse é o comportamento correto.

A matéria A criança violenta e agressiva que briga muito, do site Guia Infantil, fornece mais orientações de como lidar com crianças que têm comportamentos agressivos.

Outro alerta a respeito da agressividade infantil é que os pais não podem desmerecer as brigas entre irmãos. O artigo 5 conselhos para evitar as brigas entre irmãos, do site Guia Infantil, cita formas de lidar com esse tipo de situação. Entre as dicas, estão evitar somente observar as brigas e não interferir, ensinar os filhos a negociar e compartilhar brinquedos e não fazer favoritismo com um deles.

Compartilhe esse Post