BRINCAR SEM BINQUEDOS É IMPORTANTE PARA UMA INFÂNCIA SAUDÁVEL

O período de férias escolares é um bom momento para incentivar as crianças a terem brincadeiras criativas. Um graveto pode transformar-se em uma varinha mágica, em uma espada de pirata ou até em um animal, dependendo apenas da imaginação dos pequenos. Por isso, é importante que haja espaço para o brincar sem brinquedos prontos.

Construir os próprios brinquedos é uma atividade interessante, que cria um vínculo diferente do que a brincadeira com o produto pronto. Uma tábua, latas ou outros materiais podem virar um carrinho, por exemplo. Uma caixa com diferentes objetos pode ser transformada em um baú de tesouros. Basta ter tempo, criatividade e, em alguns casos, incentivo dos adultos para que o exercício seja posto em prática.

A visão de especialistas é de que, na infância, são necessários o ócio e a ausência de brinquedos prontos para que haja o despertar dos desejos, vontades e interesses próprios.

Saiba mais sobre o assunto na reportagem A Importância de Brincar Sem Brinquedo, da revista Carta Educação.

Em uma sociedade repleta de consumismo é importante que os pais saibam que as crianças ainda têm como uma das brincadeiras favoritas o esconde-esconde, que não exige tecnologia nem investimento financeiro. A constatação é da coordenadora do Núcleo de Cultura e Pesquisas do Brincar da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Saiba as opiniões de Maria Ângela Barbato Carneiro na entrevista Também é preciso brincar sem brinquedos.

Compartilhe esse Post